Descobri essa semana #2

1.  Canal dePretas

Vocês já notaram que todas as listinhas de “melhores youtubers do Brasil”, “Youtubers mais famosos” você quase não encontra gente negra? Assim, falando “quase” pra ser uma pessoa positiva, né?

É por isso que o sucesso do Canal DePretas é tão importante. É um canal DAORA que DEVE ser divulgado por todos nós. Além disso, quem puder apoiar financeiramente, a Gabi tá fazendo um financiamento coletivo aqui no Catarse. Já bateu 100% da meta, mas cada real vai ajuda-la numa produção melhor do vídeo e a viajar e levar essa informação para mais lugares. Tá tudo lá explicadinho <3

Escolhi esse vídeo pra representar pois mostra bem como a Gabi consegue fazer um conteúdo fluído, informativo, espontâneo e NECESSÁRIO.

Keep Reading

Descobri essa semana #1

Vou começar (e tentar fortemente manter) a dar umas dicas de conteúdo toda a semana. Vai variar, pode ser filme, livro, música, comida. E ah, podem ser redescobertas também. Como esse é o primeiro vai ter algumas coisas que eu descobri a mais tempo mas queria mostrar pra vocês.

 

1. Fun Home – Alison Bechdel

13978096_10206392683130293_136201031_o

Graphic Novel maravilhoso que a Clara me emprestou. Eu já tinha começado a ler o “Você é minha mãe?” da Alison mas eu não gostei tanto. Acho que agora depois de Fun Home vai fazer muito mais sentido. A história do livro é bem comum contada de uma maneira emocionante e profunda, me parece a história da vida dela mesmo e de como foi o relacionamento dela com seu pai.

FUN FACT: Sabem o o teste de Bechdel? Ele foi baseado numa história da Alison.

BechdelRule

Keep Reading

‪#‎LoveForLeslieJ‬

‪#‎LoveForLeslieJ‬
A atriz Leslie Jones, umas da integrantes do novo filme Caça Fantasmas, foi e está sendo vítima de racismo. Muita gente no twitter a chamando de macaco, fazendo montagens horríveis.
O assunto é sério, não é uma simples “trollagem”. É racismo, é crime, deveria ser punido de forma muito mais séria que realmente é.
A Leslie é uma pessoa e está SOFRENDO com tudo isso. Acho que nessas horas a gente tem que fazer o coro do amor ser mais forte que o do ódio, por mais clichê que seja essa fala. Então eu convido a todos a mandarem no twitter mensagens de amor para ela com a hashtag #LoveForLeslieJ

Captura de Tela 2016-07-19 às 19.24.11